quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Cancela! - Total Overdose 2, Faith and a .45 e a história da Deadline Games


A dinamarquesa Deadline foi criada como uma produtora de programas de TV,  mas em 1996 seus criadores decidiram investir no seu verdadeiro sonho: Desenvolver jogos.



Seu primeiro jogo foi o obscuro Blackout de 1997, uma espécie de Adventure com uma história bizarra e gráficos feitos com fotografias de bonecos. Existem pouquíssimos registros da existência desse jogo.

No ano seguinte eles lançaram Giften, outro adventure, nele você controla uma jornalista que investiga o envenenamento da reserva de água de uma cidade. Ele seria o primeiro jogo de uma trilogia, mas suas continuações nunca foram lançadas.

Depois deles a empresa lançou dois jogos educativos chamados Globetrotter.

Após várias anos lançando esses jogos pequenos para computador, a Deadline Games mudou o seu foco para os consoles e decidiu criar algo bem diferente dos seus adventures experimentais e jogos educativos.

Distribuído pela eidos Total Overdose foi lançado em 2005 para PlayStation 2, Xbox e PC. Ele é um jogo de ação que cópia elementos de vários jogos de sucesso da época, como GTA, Max Payne e Prince of Persia e mistura com eles uma história de vingança que envolve os estereótipos de mexicanos mais genéricos possíveis.

Apesar de ser tecnicamente simplório, ele é um bom jogo muito divertido, tanto na história quanto na jogabilidade. Ele foi considerado mediano pela crítica e é lembrado até hoje por muitos jogadores como uma das pérolas esquecidas do PlayStation 2.

Em 2007 eles lançaram Chilli con Carnage para PSP, uma espécie de reimaginação de total Overdose, que é basicamente o mesmo jogo, mas com uma história ainda mais absurda do que antes.

Nos anos seguintes a Deadline criaria 5 projetos de jogos, mas apenas um seria lançado.

O primeiro foi a continuação de seu único jogo conhecido. Total Overdose 2: Tequila Gunrise foi o primeiro projeto da empresa para a geração do PlayStation 3 e Xbox 360. A Deadline começou a trabalhar em uma nova engine gráfica que seria usada nesta sequência para a próxima geração. As poucas imagens que existem dele, mostram um jogo bem parecido com o original, mas dessa vez os produtores queriam ser muito mais ambiciosos e ter um mapa muito maior que o do original, que representasse todo o méxico. Concept arts também mostravam que o jogo teria inimigos fantasiosos, como homens tigres e monstros asteca.


Infelizmente Total Overdose era uma marca da Eidos, e a Eidos estava passando por vários problemas financeiros na época que levariam a empresa ser comprada pela Square-Enix em 2009. Sem investimento para fazer uma sequência de seu único jogo conhecido, a Deadline precisava seguir em frente e criar uma nova franquia.

Killing Pablo Escobar foi a primeira tentativa da empresa. Ele também seria um jogo com uma temática parecida com a de Total Overdose, provavelmente para aproveitar o trabalho que já haviam feito para Total Overdose 2, mas ele seria um jogo sério, baseado no livro Killing Pablo de Mark Bowen, que conta a história real de como o traficante de drogas Pablo Escobar foi morto. Essa história foi recentemente contada na série de sucesso Narcos do Netflix.

Assim como Total Overdose, Killing Pablo Escobar também seria um jogo de ação em um mundo aberto, mas com uma jogabilidade mais realista, como o jogo baseado em Scarface lançado em 2006. Os produtores queriam dar ao jogo um estilo de documentário, como o do jogo Kane & Lynch 2.

A Deadline tinha planos de lançar o jogo junto com a adaptação cinematográfica do livro, mas o filme foi cancelado depois de sua produtora declarar falência. Pouco tempo depois o jogo também foi cancelado.

Shadow Hunter foi um projeto que não saiu da fase de planejamento, o que se sabe dele pode ser deduzido pelas concept arts reveladas. Ele aparentemente iria ser mais um jogo de mundo aberto, mas em uma cidade pós-apocalíptica e com combate de hack ‘n slash. As imagens lembram muito o jogo Prototype.

O último dos projetos cancelados da Deadline foi Faith and a .45, um jogo de tiro em terceira pessoa parecido com jogos famosos da época, como Gears of War e Army of Two, mas aqui em vez de controlar soldados genéricos, os personagens iriam ser o casal de bandidos Luke e Ruby, que eram claramente inspirados em Bonnie e Clyde, criminosos reais dos anos 30.


Ele se passaria na mesma época, mas em vez de serem apenas bandidos, os protagonistas eram anti-heróis. Ele estariam em uma longa road trip fugindo de um grande vilão, um magnata do petróleo que fundou sua própria nação comprando terras de donos que faliram durante a grande depressão americana.

O jogador controlaria Luke, e Ruby seria controlada pela inteligência artificial do jogo. Seu comportamento afetaria o humor dela e podia fazer com que ela te ajudasse mais ou menos durante o combate. Além de atirar, ela também poderia entregar pro jogar itens e armas úteis que encontrasse no cenário.

O projeto foi mostrado para várias distribuidoras, mas nenhuma quis apostar na ideia, pois de acordo com as equipes de marketing, “jogos no velho oeste não vendem”, o que foi muito frustrante para a deadline, já que o jogo sequer se passava no velho oeste.

Eles ainda tentaram mudar a ambientação do jogo para um cenário pós-apocalíptico, mas já era tarde demais e o projeto foi abandonado.

Por acaso em 2010 foi lançado um tal jogo chamado Red Dead Redemption, que foi o maior sucesso daquele ano.

Depois de tantos projetos fracassados, eles finalmente conseguiram um contrato para desenvolver um jogo baseado em Watchmen, que iria ganhar um filme naquele ano.

Em um curto período de tempo eles desenvolveram um beat 'em up 3D cooperativo, que narrava as missões do Coruja e do Rorschach no período que trabalhavam juntos, anos antes dos acontecimentos da HQ de Alan Moore.

Watchmen: The End is Nigh foi lançado em duas partes em de 2009 e recebeu críticas medianas. Era um jogo bem simples e repetitivo, que falhou em ser o grande sucesso que eles esperavam, assim como o filme.

Com o fracasso do jogo que deveria ser a salvação da empresa, em maio de 2009 a Deadline declarou falência e foi fechada.

O projeto de Faith and a .45 foi deixado inacabado e certamente nunca teremos uma continuação de Total Overdose.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...