segunda-feira, 27 de março de 2017

Cancela! - Maverick Hunter: Mega Man


Já se sabia que a saída de Keiji Inafune da Capcom no final de 2010 tinha sido um dos principais fatores para o cancelamento de três jogos futuros da franquia Mega Man, Legends 3 (projeto pessoal de Inafune), Universe (jogo 2D com editor de fases) e Online (MMO), deixando o personagem sem nenhum jogo no ano em que ele completou seu 25º aniversário, e agora foi descoberto pelo site Polygon que um quarto jogo, o mais ambicioso (e provavelmente o mais polêmico) deles, também esteve em desenvolvimento naquela época. Esse projeto era uma reimaginação do universo de Mega Man X em forma de FPS, que estava sendo desenvolvido pelos mesmos responsáveis pela trilogia Metroid Prime.



Formada por dissidentes da Retro Studios, a Armature (atualmente trabalhando em Batman Arkham Origin Blackgate) planejava "atrair uma nova geração de fãs" para a franquia Mega Man, de acordo com uma pessoa que acompanhou o desenvolvimento do game de perto, evoluindo a franquia de maneira equivalente ao que foi feito na transição do Mega Man (NES) para Mega Man X (SNES).

O design do game traria um universo mais "realista" para a série, com o protagonista robótico tendo uma aparência inspirada na armadura do Homem de Ferro dos cinemas, e tendo como única característica humana um rosto holográfico que apareceria apenas em cutscenes do enredo. Um elemento clássico da série que seria mantido é a possibilidade de roubar os poderes dos inimigos. Além de obter as habilidades dos chefes, o herói também iria poder pegar por um curto período de tempo as armas de inimigos comuns, e usá-las contra os outros. Outra habilidade clássica do personagem presente seria o dash, que aqui seria utilizado principalmente para se aproximar rapidamente dos inimigos e executá-los com ataques físicos.

A ambição da Armature para esse projeto era tão grande, que ele desde o principio estava sendo imaginado como uma trilogia. Nos dois primeiros games, o protagonista seria X, que teria como Sidekick um oficial da policia (parecido com Bruce Willis), em uma trama baseada nos games de SNES, onde robôs Reploids iriam tornar-se maléficos Mavericks, e precisariam ser caçados. Um forte elemento na narrativa desse game seria a relação entre uma máquina (X) e seu companheiro humano, onde as vezes a personalidade do protagonista se mostraria mais "humana" do que a do policial. Para o terceiro jogo, os produtores planejavam um grande plot Twist, pois nele o protagonista seria Zero, com o objetivo de destruir X, que se tornaria mega poderoso no decorrer dos dois primeiros games, sendo considerado assim uma grande ameaça.

Maverick Hunter esteve em desenvolvimento por alguns poucos meses de 2010, nesse período foi feita apenas uma demo mostrando os conceitos que a Armature planejava para o game (vídeo acima). Ele foi cancelado antes mesmo de ser anunciado ou do projeto crescer para algo mais complexo que uma demo.

Fonte Polygon

7 comentários :

  1. ...Excelente post como sempre! ;)

    ResponderExcluir
  2. Tudo que eu ouvi do video foi:
    RATATATATATTATATATTATATTATATATATATATATATA

    ResponderExcluir
  3. Muita boa a matéria, parabéns. Mas meu Deus, por que TUDO tem que virar shooter hoje em dia???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Adoro FPS, mas jogos de plataforma têm que evoluir pra plataforma 3D. Daqui a pouco tão lançando PES em FPS.

      Excluir
    2. O Problema não é transformar jogos de outros genêros em FPS. O problema é quando fazem merda na conversão. Um excelente exemplo é Syndicate, que se tornou um FPS ''Callofdutyzado'', quando poderia ter se tornado um FPS tático, meio que um ''Rainbow Six Vegas com esteróides''. Muitas das mecânicas de Megaman X funcionariam em primeira pessoa, criando algo bem diferente dos FPS's que temos hoje. Só precisa de um certo polimento.

      Excluir
    3. bem dito ja to de saco cheio de fps's quero variedade nao só armas call of duty to de saco cheio megaman x daria sim um bom fps se fosse feito certo mais cara nao precisa virar fps so por que daria certo tem muitos outros generos se fosse de plataforma com elementos de tiro tipo uncharted seria daora mais fps chega o mercado esta saturado de fps bons e ruins hora de mudar um pouco,e outra a capcom esta se alto destruindo ja saiu o keiji inafune,shinji mikami, vendendo os direitos de dmc,cancelando 4 megamans e agora a sua restruturaçao ta osso se ela nao fosse tao burra nao estaria assim.Triste ver uma emprensa que cresci jogando seus jogos e amando de todo coraçao estar do jeito que esta,mais fazer o que foi a escolha dela.

      Excluir
    4. bem dito ja to de saco cheio de fps's quero variedade nao só armas call of duty to de saco cheio megaman x daria sim um bom fps se fosse feito certo mais cara nao precisa virar fps so por que daria certo tem muitos outros generos se fosse de plataforma com elementos de tiro tipo uncharted seria daora mais fps chega o mercado esta saturado de fps bons e ruins hora de mudar um pouco,e outra a capcom esta se alto destruindo ja saiu o keiji inafune,shinji mikami, vendendo os direitos de dmc,cancelando 4 megamans e agora a sua restruturaçao ta osso se ela nao fosse tao burra nao estaria assim.Triste ver uma emprensa que cresci jogando seus jogos e amando de todo coraçao estar do jeito que esta,mais fazer o que foi a escolha dela.

      Excluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...