sábado, 1 de fevereiro de 2014

Archeology - A Nintendo de antes dos videogames


Traduzido pelo colaborador Henrique

Nintendo, a produtora mais família do mundo dos games, foi formada sob circunstâncias bem menos familiares. Antes de se tornar uma produtora de jogos, ela era fabricante de cartas para gangsters e era dona de seu próprio motel.

No final do século 19, Fusajiro Yamauchi de 30 anos, viu uma oportunidade quando o governo de Meiji legalizou um jogo de cartas chamado hanafuda, após sua a abertura para o ocidente. Aqueles que como Yamauchi haviam jogado ilicitamente anteriormente foram liberados abertamente para seu passatempo. Yamauchi abriu sua loja em 1889, produzindo cartas de hanafuda feitas artesanalmente. A construção de pedra, erguida em 1933, geralmente retratada como o quartel general original da Nintendo, não é onde realmente a companhia nasceu. O primeiro escritório da Nintendo ficava em um pequeno sobrado próximo ao prédio histórico. Foi lá que Yamauchi começou fabricando e vendendo cartas de hanafuda. O prédio original foi demolido e agora em seu lugar há um estacionamento.

Recentemente, uma versão mais limpa da história da Nintendo foi adotada pela companhia, onde a empresa surgiu de uma fabricante de jogos de carta e se transformou em uma empresa de vídeo games icônica. De pobres a milionários. A verdade é que foram de ricos para ainda mais ricos e isso envolve o crime organizado japonês, apostas, sexo e até mesmo linguística.

Hanafuda é um jogo tradicional de cartas japonês que é muito jogado durante as férias de ano novo, até hoje em dia. Na década de 1880 ele era jogado por gângsters e sua popularidade se espalhou muito devido às apostas. A palavra japonesa yakuza originalmente significa indivíduos inúteis e é derivada de uma mão perdedora de hanafuda. Assim como a fama da Nintendo é inseparável do hanafuda, o hanafuda também é inseparável da história do crime organizado japonês.

Isso não quer dizer que a Nintendo era dirigida por gângsters japoneses. Dizer isso é o mesmo que assumir que todos os fabricantes de dados de Las Vegas são mafiosos. Entretanto, não há dúvidas de que a yakuza fazia suas apostas e jogatinas com as cartas de hanafuda feitas pela Nintendo. Yamauchi enxergou a demanda e a supriu. Para achar os clientes, era só olhar para o lado de fora da porta. A área estava repleta de bakuto (grupos de apostadores) e chantagistas.

O quartel general original da Nintendo está localizado em uma parte da cidade que é o antro da Aizukotetsu-kai, um dos mais antigos e poderosos grupos Yakuza de Kyoto. Agora em sua sexta geração, a Aizukotetsu-kai foi fundada em Kyoto em 1868, uma década após os navios americanos chegarem à costa japonesa e abrirem o país ao ocidente. O fundador do grupo, Senkichi Kousaka, conhecido também como Kotestsu Aizu, foi um infame jogador de cartas e espadachim de seu tempo.

“Os Aizukotetsu-kai costumavam controlar a cidade, mas não é certo de que controlavam Kyoto quando a Nintendo nasceu”, explica Jake Adelstein, autor de Tokyo Vice e co-editor do website Japan Subculture. Ainda assim o grupo permanece ativo na moderna Kyoto.

Mascara de Tengu
Igualmente não esclarecido é o significado da palavra Nintendo, que sempre foi ambíguo, até mesmo aos japoneses. É comum dizer que significa “deixe a sorte aos céus”. Poético? Sim. Mas essa tradução não leva em consideração o contexto das silabas “nin” e “ten”. Como mencionado em The History of Nintendo dos escritores da Nintendo Dream, Florent Georges e Isao Yamazaki, “ten” contém os mesmos caracteres kanji usados na palavra que designa o ser mítico Tengu. Geoges e Yamazaki explicam que logo após sua fundação no final do século 19 como uma fabricante de cartas, o presidente da companhia Fusajiro Yamauchi tentou achar maneiras de tirar sua empresa da crise das vendas de cartas de hanafuda. Os negócios com as cartas premium da companhia não iam tão bem como costumavam e Yamauchi teve a ideia de vender cartas de menor qualidade com o nome de “Tengu”.

A escolha por Tengu não foi por acaso. Tengu era um símbolo usado para carteados e apostas ilegais. A razão para isso é de que Tengu tinha um nariz comprido e a palavra nariz (hana) é pronunciada da mesma maneira que a palavra para flor (hana). Além disso, de acordo com The History of Nintendo, aqueles que visitavam as casas de jogos de Osaka e Kyoto coçavam seus narizes como um sinal de que estavam procurando por apostas. A marca Tengu das cartas da Nintendo não eram apenas ilustrativas, elas eram a sua própria propaganda.


Nin - ten - dō
“Do”, que significa santuário ou templo, é frequentemente usada pelos comércios japoneses que vão de supermercados a livrarias para aumentar o prestígio dos seus nomes (“Compre no Templo da Economia!”). Se traduzirmos “nin”como “vamos deixar que alguém faça” como Georges e Yamazaki traduziram, a palavra Nintendo pode significar “o templo do hanafuda gratuito” ou “a companhia que é liberada para produzir (ou vender) hanafuda”. Como seu livro aponta, Hiroshi Yamauchi , o grande neto do fundador da companhia (falecido recentemente) admitia que ele mesmo não sabia o verdadeiro significado do nome da companhia, dizendo que “deixe a sorte aos céus” é uma explicação plausível. Plausível, claro. Provável? Certo que não.

Entretanto, de acordo com especialistas, “nin” tem ainda mais conexões etimológicas: ela pode ter sido um sinal para os jogadores de hanafuda, a Yakuza. Jake Adelstein perguntou a dois membros da Yakuza como eles interpretavam o nome da empresa. Suas opiniões foram as mesmas. É aparentemente comum que “nin”de Nintendo é o mesmo “nin” de “ninkyo” ou cavalaria. De acordo com Adelstein, “a Yakuza não se via como criminosa, pois se denominavam ninkyo dantai, ou grupos humanitários. O conceito de cavaleirismo, ou “ninkyo”, é sinônimo de yakuza. “Verdade ou não, eles dizem que o caractere ‘nin’ vem da palavra ‘ninkyodo’ ou ‘modo de vida de cavaleiro’, que é como a Yakuza se enxerga”, diz Adelstein.

Gunpei Yokoi
Décadas depois, Gunpei Yokoi, o famoso inventor por trás do Game Boy, disse em uma entrevista que um de seus primeiros trabalhos na Nintendo durante os anos 60 foi o de checar as máquinas que produziam cartas de hanafuda: “Esta tarefa era importante uma vez que as cartas eram usadas em apostas.” Isso era importante para que as máquinas não produzissem cartas defeituosas que pudessem ser usadas para trapacear. Yokoi lembra que “as pessoas da máfia local vez ou outra chegavam na Nintendo muito bravas.” Parece que os membros da Yakuza perdiam muito dinheiro devido às cartas defeituosas de hanafuda.

Durante o final dos anos 70 e início dos 80, a Nintendo surgiu como gigante dos videogames. A empresa baseada em Kyoto era familiar, chefiada por Hiroshi Yamauchi e que contava com talentos como Shigeru Miyamoto, que criou Mario e Zelda, assim como Gunpei Yokoi, que foi responsável pela criação do Game Boy. Graças ao sucesso da Nintendo e ao árduo trabalho do grupo, Yamauchi se tornou um dos homens mais ricos do país.

Hiroshi Yamauchi
O dinheiro e Yamauchi eram velhos conhecidos. Nasceu em berço de ouro, e assim como outros jovens japoneses serviu durante a 2ª guerra mundial, trabalhando em uma fábrica militar. Mas diferentemente dos cidadãos típicos japoneses, que passavam necessidade nos dias que se seguiram após o fim da guerra, Yamauchi seguiu para Tokyo onde estudou direito na renomada Waseda University enquanto as forças americanas invadiam o país. Isso em uma época onde o ensino médio era considerado como alta educação e a universidade era reservada apenas para os mais ricos da elite do país. A Nintendo havia – assim como o Japão – visto melhores dias, mas se viu fortificada ao se tornar o fornecedor “oficial” de cartas de baralho para o exército americano. A Nintendo viu uma oportunidade e supriu os militares com cartas. As cartas de Yamauchi fabricadas no pós guerra eram muito melhores do que a maioria e o jovem Hiroshi, neto de Kasajiro, com seu bom gosto por ternos, jantares e licores importados, aproveitava sua vida em Tokyo, que estava arrasada.

Mas então Yamauchi foi chamado de volta a Kyoto para o quartal general de pedra. Seu avô estava morrendo. O jovem Hiroshi tinha que comandar a Nintendo.

Carta de um batalho produzido
pela Nintendo
Sob o comando de Hiroshi Yamauchi, a Nintendo expandiu seu público, adquirindo os direitos de produzir cartas da Disney. A companhia entretanto, continuou a fazer cartas direcioandas ao público adulto, como cartas com mulheres nuas estampadas. Além disso a companhia também lançou cartas com estampas de Marilyn Monroe, uma diferença notável da puritana Nintendo dos anos 80 que se escondia da mais singela menção de sexualidade.

Entretanto, foi também sob o comando de Yamauchi que a fabricante de cartas se aventurou vergonhosamente em outros segmentos: macarrões instantâneos, canetas esferográficas, blocos parecidos com LEGO, balanços para bebês e até mesmo fotocopiadoras. A LEGO processou sem sucesso a Nintendo por seu “N&B Blocks”, mas perdeu pois os blocos da Nintendo incluíam também formatos arrendondados.

Foi na década de 60 que a Nintendo começou a operar uma empresa de taxi chamada “Daiya” ou “Diamond”, uma aquisição peculiar que quase se comparou com outra feita na mesma época: um motel, um dos empreendimentos menos familiares da Nintendo (ou mais familiar, dependendo de como você enxergue a coisa). O local e nome do motel da Nintendo se perdeu no tempo. Assim como muitos negócios de Yamauchi, o motel faliu.

O reinado de Yamauchi na Nintendo foi marcado pelo seu repetido desejo de, assim como um bom homem de negócios, achar novos mercados. Se o motel ou a fotocopiadora ou até mesmo o macarrão instantâneo tivessem obtido sucesso, a Nintendo seria uma empresa muito diferente.

A Nintendo não se envergonha de seu jogo de cartas do passado, especialmente de jogos como hanafuda que não são mais associados com apostas. A companhia continua a produzir cartas de hanafuda e Hiroshi Yamauchi criou um museu para o jogo de cartas baseado em poesias japonesas.

Entre os Yakuza, especialmente em Kyoto, a associação entre o crime organizado e a Nintendo descansa em paz, assim como Fusajiro Yamauchi, que há cem anos viu uma oportunidade de fazer de jogos de cartas um negócio lucrativo e abraçou-a, sem medo.

Texto original: Kotaku US

Um comentário :

  1. Não me surpreende o fato da yakuza,na verdade a yakuza tem grande parte do poder econômico do japão,eles comandam boa parte dos negócios de lá e sempre quando acontece algum desastre no japão eles ajudam (a quem dera que aqui fosse igual) gostei do texto,pena que a nintendo não estar indo bem das pernas esses tempos :(.

    ResponderExcluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...