quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Archeology - As inspirações na criação de Mega Man


Traduzido pelo colaborador Henrique

Mega Man foi um lançamento criativo de um pequeno robô em sua primeira aprição em 1987. Ele derrotava  uma horda de robôs hostis, ganhava uma nova arma a cada chefe derrotado e fazia tudo isso em qualquer ordem que o jogador escolhesse. Os videogames estavam em sua infância, com uma indústria de apenas 15 anos e nesse reino, Mega Man e seu mundo começaram de forma original.

Como muitos jogos, Mega Man foi uma mistura de velhas idéias vindas de filmes, HQ's, animações e ficção científica. A Capcom seguiu o tema comum das revoltas dos robôs, temperadas com gráficos cartunistas. De fato, muito da composição de Mega Man vem de animes e manga, que sem dúvidas moldaram as mentes dos criadores japoneses em suas infâncias. Mas quais foram as maiores influencias da Capcom na criação desse ícone?

Mega Man sem armadura no final do primeiro jogo
É muito fácil enxergar Astro Boy de Osamu Tezuka na série Mega Man, assim como é muito fácil imaginar Astro Boy em uma quantidade ridícula de outras séries, americanas ou japonesas. O robô de Tezuka foi uma influencia muito forte, tanto nos mangás como no anime, onde foi um dos primeiros grandes sucessos. Mega Man compartilha muita semelhança visual com Astro Boy: o visual arredondado, ambos são baixinhos, as botas até os joelhos, o sorriso corajoso. O final do Mega Man original mostra o herói usando uma nunca mais vista camisa laranja e shorts, lembrando mais ainda Astro Boy. Até mesmo os mundos dos dois são parecidos. O futuro de Mega Man de grandes criaturas mecânicas não é muito diferente do mundo metropolitano repleto de robôs de Astro Boy.

Há ainda mais indícios de origens em comum. No manga Astro Boy e na série de Tv de 1963, Dr. Tenma criou Astro baseado na imagem de seu filho morto, e depois o rejeita. Astro então recebe apoio do professor Elefun. O nascimento de Mega Man é parecida e ligada a dois cientistas. Enquanto o relacionamento de Tenma com seu filho robô é complexa e varia a cada adaptação de Astro Boy, Dr. Willy sempre é um adversário incansável e Dr Light um paternalista.

Outros personagens de Mega Man tem similares na saga Astro Boy. O mais notável é Proto Man, o irmão de Mega Man e o primeiro a ser criado por Dr Light. É notável a semelhança com Cobalt, um protótipo defeituoso criado por Dr Tenma na série original de TV (Cobalt tem uma origem diferente no manga original, onde é construído por Dr Elefun como uma reposição de Astro Boy). O visual de Proto Man também parece ser inspirado por outra criação de Osamu Tezuka: Rock, um tipo de personagem recorrente usado pelo autor em vários de seus trabalhos. Rock, com seus ócuulos escuros, alterna entre vilão e anti-herói nas várias séries e a mesma ambiguidade é vista em Proto Man na sua primeira aparição em Mega Man 3.
Cybot Robotochi

Claro que é precipitado dizer que Mega Man é um clone de Astro Boy. As inspirações para Mega Man podem ser comparadas a outros mangás populares – ou não – que apresentam robôs bonitinhos, incluindo o longa de Akira Toriyama Dr. Slump ou Cybot Robotochi (conhecido na américa como Robby the Ruscal).

É bem sabido também que um dos títulos provisórios de Mega Man era Rainbow Man, o mesmo nome do herói de um show live-action de 1972 sobre um herói com poderes coloridos. Talvez a Capcom tivesse mais que razões estéticas para mudar o nome para Rock Man e Mega Man.


De fato, as influencias são muitas em Mega Man, e elas não são apenas japonesas. Há uma grande pitada de HQ americana na série, particularmente nos chefes robôs que esperam no final de cada fase. O empresário da série Mega Man Keiji Inafune frequentemente aponta Wolverine e outros ícones dos HQs como inspirações para chefes como Elec Man.

Casshan e Friender
Conforme a franquia Mega Man se aventurou além da série original, foi acrescentando novas influencias de outras fontes. Talvez a mais notável delas tenha sido as de um estúdio chamado Tatsunoko Productions. Durante os anos 70 e 80, a Tatsunoko criou uma porção de séries de sucesso, criando referencias como Gatchaman, Casshan, Time Bokam e Yatterman. Com a exceção de Gatchaman, essas series raramente apareciam na Tv norte americana. Elas dominaram a cena da cultura pop das crianças japonesas nos anos 70. Não foi coincidentemente que a Capcom pagou tributo ao estúdio em 2008 com o título Tatsunoko vs Capcom.

Casshan parece ter bastante influencia na herança de Mega Man. Seu herói principal, é um humano normal transformado em um android de combate para derrotar um exército de robôs. Mega man nunca foi humano (a não ser na série Words of Power), mas seu plano de fundo não é muito diferente. As similaridades aumentam quando o parceiro de Casshan, Friender, entra em cena. Uma versão robotizada do cão de Casshan. Ele se transforma em um jato, um tanque e vários outros veículos, assim como o leal robô canino de Mega Man, Rush.

Casshan influenciou ainda mais na criação de Mega Man X, a sequencia do Mega Man original dos anos 90. Assim como Casshan, X é levado a uma guerra ainda mais intensa entre humanos e robôs. Os inimigos Reploids de Mega Man são liderados por Sigma, um androide careca que foi a primeira criação artificial criada por Dr. Cain. O primeiro antagonista de Casshan é Buraiking Boss, um robô careca que foi a primeira criação artificial de Dr. Azuma.
 Buraiking Boss e Sigma

Coincidentemente Casshan foi revivido em uma série de 4 vídeo-séries em 1993, no mesmo ano que a Capcom lançou Mega Man X. Outros aparições de Casshan incluem um live action de 2004 e a recente série Casshern Sins. Mega Man X infelizmente não aparece em um novo jogo há 8 anos.

 Castle in the Sky 
A Capcom remodelou Mega Man novamente com a série Mega Man Legends  lançada no PS1 em 98. Os personagens e o cenário lembravam um anime em 3D e muitos associaram o ambiente do jogo, um planeta inundado e cristais antigos, ao Future Boy Conan e Castle in the Sky de Hayao Miyazaki. Enquanto essas foram certamente as influencias nessa série, há um aroma ainda mais forte de Time Bokan e sua série ainda mais popular, Yatterman. O robô arredondado e os personagens coloridos de Legends remetem ao visual dos animes dos anos 70. Há ainda outro tributo na série: Roll Caskett tem o mesmo corte de cabelo dos protagonistas de Yatterman. Legends também remete a um dos maiores clichés criado nos animes pela Tatsunoko: Os planos maléficos, vilões incompetentes e seus subordinados idem. São idéias vistas em várias séries.

A Capcom buscou inspiração nos animes mais uma vez ao criar a 3ª modificação na série. Em Mega Man Battle Network foi conscientemente baseada no sucesso de séries como Pokémon e Digimon. A idéia por trás do jogo não era tão similar. Em Battle Network, o senso comum de crianças controlando criaturas misturando-se com um mundo virtual e várias referencias à história original de Mega Man. Além da rede de computadores que se assemelha com a de Digimon, não há muitas semelhanças na história. Crianças e adultos jogariam os jogos Battle Network e assistiriam ao lançamento do anime Mega Man NT Warrior e talvez lessem o HQ da série. A fórmula se baseava na alvorada dos jogos licenciados, mas nunca a Capcom tinha planejado uma estratégia de marketing tão ampla.

Há ainda outras curiosidades. A partir de Mega Man 2, a Capcom convidou fãs para mandarem suas idéias para novos vilões e outros personagens para a série. A companhia foi inundada com desenhos de fãs e um deses fãs foi o jovem Yusuke Murata. Suas idéias foram escolhidas para dois chefes: Dust Man de MM4 e Crystal Man de MM5. Anos depois, Murata virou um artista de manga, desenhista da popular série Eyeshield 21.

O sucesso de Mega Man se deve muito à popularidade de desenhos e Hqs lidas por seus criadores na sua juventude, mas não há dúvidas que o robozinho trilhou seus próprios passos. Assim como muitos jogos de sucesso, ele pegou o que havia de melhor em cada uma delas para criar um grande mundo. Se a Capcom for reviver Mega Man em uma nova série, espera-se que eles se influenciem de uma fonte que valha a pena.

Fonte: 1UP

4 comentários :

  1. Realmente, o Battle Network é muito parecido com Digimon.

    ResponderExcluir
  2. Gostei da matéria, bem completa e interessante, parabéns !!!

    ResponderExcluir
  3. primeira materia sobre origem de um jogo q eu leio completamente. mto boa msm, parabens

    ResponderExcluir
  4. Linda matéria, adorei, não sei mas podia ter uma fotinha do protoman ou não rrrsrsr, parabéns!!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...