sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Qual é o melhor jogo lançado há uma década?


Depois de escolherem os melhores jogos de vinte anos atrás, agora é a hora de vocês decidirem qual é o melhor jogo lançado a dez anos, em 2002. Não sei vocês, mas ver que esses jogos já tem dez anos, faz com que eu me sinta velho.


Abaixo, a enquete:


Obs: Como vocês podem ver nos comentários, Sonic Adventure 2, apesar de ser um ótimo jogo, não deveria estar nessa lista, por ser de 2001. Por isso, estou retirando ele da competição, portanto não vale a pena votar mais nele porque ele será ignorado quando eu der o resultado final da votação. Como consolação para quem é fã do jogo, prometo um Nobody Plays sobre ele assim que o mesmo aparecer em uma boa promoção no Steam.

20 comentários :

  1. GTA: Vice City vai ganhar fácil, mas eu gosto mais de Kingdom Hearts (e Splinter Cell)

    ResponderExcluir
  2. Marcos A. S. Almeida14 de dezembro de 2012 21:49

    Isso só me faz lembrar que eu estava totalmente alienado dos games nesse ano (e eu não lembro porque). Não joguei NENHUM destes,nem na época nem hoje.

    ResponderExcluir
  3. Ninguem voto nio metroid prime?? NÂOAOO!O!!!!!!! ahh foda-se

    ResponderExcluir
  4. Sonic Adventure 2 foi lançado em 2001 pro Dreamcast. De qualquer jeito, meu voto vai pra ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de ver que é 2001 mesmo, o que me confundiu foi o lançamento pra Game Cube, que foi em 2002.

      Excluir
  5. Essa enquente foi cruel demais... KH, Sonic 2 ou GTA? Fui no Sonic por trazer boas lembranças pra mim na época do Dreamcast!



    ResponderExcluir
  6. Vou votar em GTA: Vice City
    pois foi o único que joguei na época.

    ResponderExcluir
  7. Todos da lista são ótimos, mas Vice City criou um estilo que marcou muito a época.

    ResponderExcluir
  8. Meu voto vai para máfia, pois tem uma história fantástica.

    ResponderExcluir
  9. só um toque: esse a do texto é passado, então devia ser do verbo haver.

    sobre a votação, fiquei muito surpreso ao votar e descobrir que Kingdom Hearts (um dos meus jogos preferidos EVERRRRRRRRR) está em segundo lugar. tomara que ganhe. total surpresa descobrir que tanta gente gosta desse jogo. ficava meio deslocado por achar que só eu via o valor que tem esse "joguinho da Disney pra criança". tô só esperando sair as versões em HD pra fazer um Review Supremo dele no meu blog.

    ResponderExcluir
  10. Votei em Resident Evil Remake *-* Mas a maioria dos jogos é ótima.

    ResponderExcluir
  11. Vejamos... Kingdom Hearts é um jogo ruim e overhated, assim como Sonic Adventure e Sonic Adventure 2. Máfia tinha um potencial enorme mas só atingiu seu máximo em Máfia II, assim como Morrowind que aó atingiu seu ápice em Skyrim e Super Mario Sunshine que abriu portas para o incrível Super Mario Galaxy. Resident Evil Remake tinha excelentes gráficos e história, mas a jogabilidade era e ainda é insuportável. Já Splinter Cell pra mim é o melhor nome em stealth que existe. Warcraft III foi a ainda é o RTS de fantasia mais aclamado de todos. Metroid Prime Provou que não é só a Nintendo que pode criar iterações fantásticas às suas franquias e que FPS's não precisam ser COD's ou DooM's. Mas GTA: Vice City... a Rockstar trouxe a jogabilidade e ambientação fantástica do terceiro jogo com os anos 80, uma história excelente e personagens fantásticos (Tommy Vercetti interpretado pelo Ray Liotta!!!). Não tem como ser outro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você se contradiz muito em seu comentário: como um jogo lado b que poucas pessoas jogaram pode ser over rated? sobre o sonic adventure a impressão que dá é que você está falando de algo que nem chegou a jogar (não joguei nenhum dos dois, então não me arrisco a palpitar)

      "... Morrowind que aó atingiu seu ápice em Skyrim..."

      você chama de atingir o ápice uma série que vem cada vez mais perdendo os elementos que o consagraram como uma série de RPGs? homeopatização é atingir ápice? então Resident Evil 6 deve ser o "ápice" da série.

      Resident Evil Remake não "tinha" excelentes gráficos, ele ainda tem excelentes gráficos. quanto À jogabilidade, qual vocÊ acha que seria a reação da imprensa e do público se a Capcom lançasse um REMAKE com uma jogabilidade TOTALMENTE diferente da do jogo original? eu, pelo menos, acharia no mínimo estranho. e outra: a Capcom sempre deixou nas entrelinhas que a jogabilidade travadona da série fazia parte da dificuldade. li uma entrevista na EGM Brasil com os criadores, na qual um deles afirmava que se a jogabilidade da série fosse em 3D (tipo, pra onde vc aponta com a alavanca o personagem vai) ao invés de analalógica (para o alto e avante!)o game ficaria fácil, pois daria pra se livrar dos monstros com mais facilidade.

      concordo sobre a escolha do GTA, SE a votação levasse em conta apenas quesitos técnicos e influência do jogo em questão. não estamos falando de um veredito de tribunal, que deve ser totalmente imparcial e impessoal. estamos falando de uma votação de jogo, e a opinião particular acaba pesando.
      abraço.

      Excluir
    2. Shadow Geisel, eu joguei Sonic Adventure 1 e 2. Esses jogos eram aclamados porque eram a única entrada 3D de sonic que não era terrível, mas com a chegada de Colors e Generations se tornou notável o quanto esses jogos eram ruins.
      Já sobre Morowind, ele sofria de vários problemas como builds estritas, um mundo não tão convincente e história pouco cativante, problemas esses que se resolveram em Skyrim. O jogo não perdeu elementos, ele apenas se simplificou.
      Se lançassem um jogo com os ângulos de camêra originais e um controle diferente (leia-se decente) eu não acharia estranho. Mas o fato de dizer que a jogabilidade travada era parte da dificuldade é bullshit. Você não cria dificuldade castrando o jogador, dando à ele um sistema que não funciona bem, você cria frusração. Se controles descentes fossem tornar o jogo mais fácil, a solução é simples: crie desafios mais difíceis, não corte as pernas do jogador.
      Bom, eu não tentei ser imparcial. Desses jogos o que mais me marcou foi Vice City (embora Metroid Prime tenha me deixado abismado). Eu não gosto dos jogos dos quais citeis os deméritos, justamente por que esses deméritos não me deixam gostar desses jogos. Espero ter deixado meu ponto claro.

      Excluir
    3. sobre o Sonic foi só uma impressão que ficou. também nunca fui muito fã dos jogos em 3D do Sonic.

      sobre o Morrowind discordo de vc novamente, mas faço isso em relação ao Oblivion, visto que o o Morrowind eu não joguei.
      Skyrim perdeu muita coisa SIM com relação ao seu antecessor: as armas não se desgastam; não dá para evoluir algumas skills (como agilidade, destreza e etc. só dá pra evoluir magia, HP e força se não me engano); os equipamentos de acessórios foram reduzidos e tantas outras coisas que não me lembro agora. a única "adição" foi a dos Perks, que já existiam em outros jogos da Bethesda.

      sobre a jogabilidade de Resident Evil, calma lá: não fui eu que disse que isso. foi a Capcom. eu concordo com cada palavra que você disse, exceto pelo fato de que uma mudança não causaria estranheza num remake. pra mim, remake só deve mudar os gráficos mesmo. nem na música nem na jogabilidade devem mexer.

      valeu pela atenção e abraços.

      Excluir
    4. Eu não acho que mecânicas como desgastes de armas não sejam necessárias para aproveitar o jogo. Mas eu vejo o Skyrim como uma tentativa de enxugar a quantidade muito grande de mecânicas que vinham sendo mantidas em Morrowind e Oblivion. Mas eu nunca gostei de nenhum jogo de The Elder Scrolls. Embora eu entenda a intenção da Bethesda eu continuo achando Skyrim um jogo terrível, que dirá Morrowind.
      E quanto à Resident Evil, não queria dizer que foi você que o disse. Mas a questão é que remakes servem pra atualizar o jogo, seja em qualquer aspecto que tenha ficado desatualizado, não somente em gráficos. Um estilo de jogabilidade que seria interessante num remake de RE seria o estilo de câmera adotado em um survival horror chamado Cold Fear que une as câmeras de RE 1-3 e RE 4.

      É interessante ver como essas discussões são produtivas....

      Excluir
  12. sim, uma discussão em que haja respeito e debate saudável por parte dos envolvidos sempre é produtiva. então, continuando...

    agora vc me confundiu, Fabrício: vc afirma que skyrim evoluiu a série. depois fala que odeia o jogo e que nem chegou a jogar nenhum Elder?

    "Eu não acho que mecânicas como desgastes de armas..."

    sem querer parecer grosseiro, mas o que está em questão não é o que vc em particular acha, e sim o fato de que vc afirmou que skyrim evolui a série quando, visivelmente, o game é um retrocesso para o gênero. não me entenda mal: não sou um daqueles haters chatos que criticam sem nem ter jogado. muito pelo contrário: joguei centenas de horas de Skyrim, pois ele perde em algumas coisas mas ganha em outras. a exploração e ambientação do jogo são incríveis. mas falhas são falhas. elas não somem por causa da nossa opinião.

    "Embora eu entenda a intenção da Bethesda..."

    não se engane, meu camarada! a intenção da Bethesda não é enxugar o game para que ele fique mais intuitivo e dinâmico. sua intenção é a mesma da Capcom com RE6: simplificar o jogo para abocanhar uma maior fatia de mercado. pra quê vender apenas para nerds adoradores de centenas de estatísticas pra evoluir quando se pode fisgar os fãs de tiro em primeira pessoa também?

    sobre resident evil, aí é uma questão de opinião mesmo. eu não acho que um remake deva mexer em certos aspectos de um jogo, como música original ou jogabilidade. por exmplo, eu assisti ao filme advent childrem complete recentemente. cara, dá pra acreditar que os FDPs mexeram em alguns trechos da trilha sonora? se tem uma coisa perfeita naquele filme é a trilha sonora, que casa perfeitamente com a ação na tela (cortesia do mestre Nobuo Uematso). go 2 hell you bastards!!!

    abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, eu joguei Morrowind, Oblivion e Skyrim, mas embora eu aprecie o fato da Bethesda tentar evoluir o jogo, não acho que eu esforço foi suficiente. Eu ainda não consegui gostar de nenhum deles, embora houvessem melhoras, não acho que foram suficientes para mim. E eu também entendo o fato da Bethesda ter entrado na vibe de emburrecer o jogo pra apanhar um público maior (embora não tenha sido com tanta força quanto a Capcom), mas o grande problema é que as empresas ao tentarem tornar o jogo acessível à um público maior, ao invés de simplificarem, emburrecem o jogo (é Syndicate, tô olhando pra você). Quanto aos remakes, sempre vai haver discussão, ao menos até o dia que as empresas perceberem que junto do remake deve vir a opção para jogar a versão atualizada, mas ainda com as mecânicas originais.
      Quanto a Advent Children, nunca pude apreciar o filme pelo fato de odiar Final Fantasy VII (cada dia eu percebo que eu tenho muito ódio no coração...), mas a trilha sonora é completamente awesome.

      abraços e até mais.

      Excluir
    2. eu também acho games como fallout, the elder e gta bastante limitados na (ingrata) tentativa de simulador de realidade. eu jogos esses jogos e aproveito o que eles têm de bom pelo fato de que eles são o mais perto que chegaram de alcançar essa façanha.

      sobre os remakes, concordo com você: deviam sempre vir com uma opção de melhoria apenas no visual e na qualidade sonora e outra com as mudanças que a equipe acha que cabiam ao jogo. estou jogando o Silent Hill 2 em HD. tem uma opção para uma nova dublagem, mas eu escolhi jogar com a original pois quero saber como o jogo era na íntegra. quem quiser pode mudar e ver se gostou do resultado.

      "é Syndicate, tô olhando pra você"

      nossa, agora que eu já comprei você vem dizer isso? kkkkk. só me resta ver como ele ficou.

      "...odiar Final Fantasy VII."

      você me deixou curioso novamente: você odeia FF7 pelo hype exagerado em torno do jogo ou odeia porque jogou e não gostou do jogo? eu não vou dizer que amo ele de paixão. nem de longe é o meu FF favorito. mas joguei uma vez completa e gostei muito de conhecer esse clássico.

      "...a trilha sonora é completamente awesome".

      ainda bem que você tem bom senso para separar as coisas. mesmo não gostando de nada que tenha a ver com FF7, é impossível negar a qualidade da trilha de AC. a música de violina na luta do deserto é uma das melhores que eu já ouvi desse instrumento.

      pra finalizar, esse blog "Mais um blog de Games" que tem entre os parceiros do Neogamer é meu. suas opiniões serão muito bem-vindas nos comentários. tô meio sem tempo (e saco) pra postar, mas quando posto é coisa de passar mais de meia hora lendo. se vc já não conhece, aparece por lá.
      abraços.

      Excluir
    3. Bom o motivo de eu odiar Final Fantasy VII é não só o fato de os personagens serem enormes clichês de animes em boa parte do tempo (embora o mundo e os conceitos sejam muito bem eleborados). O que me faz ter mais repulsa pelo jogo é o fato de ser aclamado por muitos como a melhor coisa criada pela humanidade desde o Doritos. Não é uma coisa muito racional (é até meio hipster) mas quando falam demais de uma coisa pra mim eu tendo a tomar repulso por essa coisa.
      Quanto ao blog, pode contar com meu pageview.

      Abraços e até mais.

      Excluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...