terça-feira, 12 de junho de 2012

Conspiracy - Polybius, o arcade assassino

Traduzido pelo colaborador Henrique

Polybius é um suposto game de arcade baseado em uma lenda urbana da internet. Ela envolve um fliperama, a CIA, epilepsia, suicídio e uma das maiores lendas em toda a história dos games. Muito antes da internet existir como conhecemos hoje, e muito antes do 4chan e seus boatos, houve a história de Polybius. Ela aparece de várias maneiras, cada uma um pouco diferente da outra e variam um pouco de acordo com os gostos ou memórias de quem conta. Mas todas tem algo em comum.

A história normalmente começa em Portland, nos meados dos anos 80. Ela envolve filas enlouquecidas de jogadores fervorosos nas casas de fliperamas para jogar o tal jogo, descrito como um shooter no mesmo estilo de Tempest, da Atari. Muitos dos jogadores acabavam viciados, doentes e atormentados por pesadelos. Alguns dizem em seus relatos que o game apagava a memória dos jogadores ou então os levava ao suicídio.
Gameplay do arcade Tempest, muito famoso na época,
principalmente por causa dos seus gráficos vetoriais

E isso é só o começo. O mito Polybius pode levar você a crer que o jogo era operado pela CIA, pela CIA juntamente com a Atari ou por uma companhia chamada Sinneslöschen, que pode ser Alemã ou do governo americano. Aparentemente, homens de preto coletavam dados das máquinas de tempos em tempos, reunindo informações não apenas dodesempenho dos jogadores, mas também das mensagens subliminares que apareciam na tela (e supostamente eram causa de muitos efeitos colaterais mortais).

Recriação da máquina de Polybius baseada nas
descrições dadas da  em algumas versões da lenda
Bobeira não é? Essa é a beleza da história e a razão de se tornar uma lenda tão fantasiosa. Enquanto é fácil presumir que se trata de uma bobagem, não há maneiras de se provar que nunca tenha existido. E então a lenda sobreviveu e mesmo hoje há aqueles que acreditam que de uma forma ou outra o game realmente existiu e realmente deixou as pessoas doentes.

Uma lenda dessas e se há alguma verdade na origem de toda essa confusão, é que Polybius se originou dos testes feitos com Tempest. Como a lenda urbana diz que a jogabilidade de Polybius era bem similar ao shooter da Atari, então é remotamente possível que tenha sido uma máquina defeituosa de Tempest – que talvez induzisse a desconfortos devidos a fotossensibilidade – e que tenha gerado toda essa grande mentira.

Quase tudo que você ler sobre Polybius foi escrito de relatos da lenda e sua natureza, Você encontrará mais mentiras e meias verdades com certeza, mas muito mais bobagens. Você pode também, se ousar, olhar no Youtube algumas recriações feitas por fans de Polybius, podem causar desconfortos dependendo de seu estado de saúde.

Como toda boa lenda, ela já foi citada em várias obras da cultura pop:

    Nos Simpsons, a direita
    (clique na imagem para ampliar)
  • Uma máquina do Polybius foi mostrada em tom de piada no episódio “Please Homer, Don´tHammer ‘Em” de Os Simpsons. Em uma casa de fliperamas cheia de máquinas obsoletas dos anos 70 e 80, Polybius pode ser vista ao fundo. Em seu painel há apenas um botão, presumidamente o botão start. Para ser mais satírico, na frente da máquina está escrito: propriedade do governo dos Estados Unidos.
  • A série de TV Blister teve um episódio baseado na busca por Polybius.
  • A lenda Polybius é faz parte do roteiro da Doomsday Arcade, uma série de vídeos postada pela Escapist Magazine.
    Em Batman Inc., ao fundo
    (clique na imagem para ampliar) 
  • A lenda foi destaque na matéria de setembro de 2003 da revista GamePro, como parte de uma matéria sobre lendas urbanas nos games chamada de “Secretsand Lies” (verdades e mentiras). A revista não determinou se a lenda era verdadeira ou falsa, mas inconclusiva.
  • Nos quadrinhos da série Hack/Slash, um dosslashers, chamado “Grin Face” foi inspirado em Polybius e Splatterhouse, de acordo com o autor Tim Seeley.
  • Em Batman Inc., número 1 (2012), um homem pode ser visto jogando Polybius em um bar, próximo a Pandora.

2 comentários :

  1. Ja tinha ouvido falar sombre a lenda, mas nunca tive paciencia de ir procurar sobre. Texto curto e rapido, muito bom.

    ResponderExcluir
  2. ótimo post...Ja tinha ouvido essa história. Texto muito bem escrito. Parabéns!

    ResponderExcluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...