terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Versions - Kirby precisa ser mau


A diferença entre as capas americana e japonesa de jogos é um assunto que merece não só um post, mas uma série, pois desde as origens dos videogames, é comum se adaptar, as vezes de maneira duvidosa, a arte dos jogos para deixá-los mais ocidentais.

Um dos casos mais peculiares dessas mudanças, é a extrema necessidade que a Nintendo vê em tentar fazer o Kirby menos amigável e mais badass nas capas americanas, as vezes simplesmente mudando as feições do personagem, sem perceber que está tentando dar estilo para uma bola rosa.

Abaixo, alguns exemplos:


Hoshi no Kirby: Yume no Izumi Deluxe / Kirby: Nightmare in Dreamland (2002)

Kirby Air Ride (2003)

Hoshi no Kirby: Kagami no Daimeikyuu / Kirby & The Amazing Mirror (2004)

Touch! Kirby Mahou no Efude / Kirby: Canvas Curse (2005)

Hoshi no Kirby: Sanjou! Dorocche-dan / Kirby: Squeak Squad (2006)

Hoshi no Kirby Wii / Kirby's Return to Dream Land (2011)

5 comentários :

  1. Impressionante como eles conseguem modificar completamente a imagem do personagem nos dois lados do planeta! Dá medo tentar entender porque o público americano necessita dessa versão hardcore do simpático Kirby...

    ResponderExcluir
  2. faltou dar os créditos de onde vc tirou a matéria, né?

    ResponderExcluir
  3. @Anônimo, tirei de uma conversa no forum Neoseganet sobre o último Kirby pra Wii. As imagens eu peguei no GameFaqs.

    ResponderExcluir
  4. o post foi feito há uns BONS meses no kotaku US e nem sei se foi lá q veio primeiro. Melhor dar uma checada pra evitar não dar os devidos créditos. =D

    ResponderExcluir
  5. Se existe um site que sempre respeita suas fontes, é o NeoGamer! Ao contrário do que se costuma ver por aí... Senhor anônimo, acho que essa foi uma coincidência da pauta bater com algo já publicado no Kotaku. In Nobody_joe I Trust!

    ResponderExcluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...