terça-feira, 25 de outubro de 2011

Unseen - O desenvolvimento de Ico


Fumito Ueda começou a criar o conceito de Ico em 1997, inspirado por jogos como Out of this World, Flashback e o Prince of Persia original. Seu conceito envolvia uma aventura onde um menino deveria ajudar uma garota a escapar de perigos de mãos dadas com ela, criando um laço entre os personagens que não exigia diálogos. Para ilustrar melhor seu conceito, ele fez uma animação (que pode ser vista no vídeo do fim do post) onde ele apresenta os seus personagens, que eram bem diferentes da versão final. Originalmente seria a garota que teria chifres, em vez do protagonista.

O desenvolvimento de Ico foi iniciado em 1998 como um jogo para o primeiro Playstation, contando com uma pequena equipe de nove pessoas. Ueda queria fazer um jogo diferente do que existia na época, dando enfase a um estilo de design minimalista colocando o minimo possível de marcadores na tela (barras de vida e dicas) e criando ambientes que ficam entre o fantasioso e o realista. Cenas dessa versão podem ser vistas rapidamente no início do vídeo do fim do post, e mostram inimigos humanos, em vez das "sombras" e alguns cenários reconhecíveis na versão final.

Em setembro de 1999, insatisfeito com os resultados obtidos até aquele momento, devido a sua frustração de não conseguir mostrar totalmente sua visão inicial por causa do hardware limitado do PS1, Ueda decidiu mover o seu projeto para a próxima geração, já que o Playstation 2 seria lançado em um ano. Essa transição, além de resolver todos os problemas que a equipe tinha, ainda permitiu a inclusão de novos elementos gráficos, como clotch, partículas e um novo sistema de iluminação. Devido a essas melhorias, Ueda decidiu alterar o enredo do jogo, adicionando as "sombras", já que os inimigos humanos não passavam mais uma sensação de medo nessa nova engine gráfica.

Abaixo, um vídeo que mostra a evolução do projeto. O titulo diz que se trata apenas da versão de PS1, mas na verdade, é uma montagem que mostra cenas do protótipo do PS1, a animação criada para demonstrar o conceito do jogo e cenas da versão beta para PS2.


Concept Arts:

Fontes: 1UP e Unseen 64 (inglês) Imagens: Forbidden Lands

4 comentários :

  1. Sensacional!
    ICO e o seu "irmão" Shadow of The Colossus são sem sombra de dúvidas os jogos mais belos da geração passada! Particularmente falando, acho ICO um dos jogos mais bonitos de todos os tempos.

    E novamente parabéns pela postagem! É por esse tipo de conteúdo que tenho o seu blog como um dos melhores blogs de jogos do Brasil! pois não é como os outros que só sabem mostrar os "jogos da modinha" com gráficos potentes isso e aquilo, o NeoGamer mostra a história dos jogos, de suas criações e de sua indústria de uma maneira profunda e detalhada! Parabéns!!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom. É um dos meus jogos favoritos do PS2!

    ResponderExcluir
  3. Ico é um excelente jogo (também tendo Flashback e Out of this World como inspiração, né), com uma proposta diferente da maioria dos jogos atuais, fugindo do já saturado mata-mata em prol de quebra cabeças, levels elaboradas e interessante enredo.

    Acho que é por isso que ele não é muito conhecido. Uma pena.

    ResponderExcluir
  4. ICO é um jogo e algo mais.

    ResponderExcluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...