quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Friendship [Underground] - Jogos de luta toscos que amamos


Este é o primeiro post da nova coluna do blog, a Friendship, onde outros blogs enviam seus posts para serem divulgados. Não deixem de prestigiar o seu trabalho comentando e visitando o Tecle #1. Quem quiser participar, é só enviar o link de um post de seu blog/site para neogamerbr@yahoo.com.br, mais informações aqui.

Jogos toscos que amamos, escrito por Mr Karate.

Survival Arts
Conheci esse jogo em uma casa de fliperama aqui da minha cidade que era bem barra pesada, só frequentava tipo os mais fortes. O local era infestado de trombadinhas e marcou bobeira seu dinheiro era roubado, seu boné ou tênis. Só frequentava esse local graças um amigo meu 3/4 que curtia ir jogar lá pelo preço da ficha que era mais barato e porquê também aqui na cidade era o único fliperama que tinha essa máquina.

Survival Arts é um game que veio na onda dos jogos de lutas com personagens renderizados com clima sangrento na melhor cópia do estilo consagrado por Mortal Kombat. Como pode se ver no vídeo não espere gráficos na mesma altura do concorrente nem tão pouco a movimentação que é bem tosca. Não sei como eu ainda achava graça em jogar isto, gráficos ruins, o som é pessimo e o designer das fases era horrível.

Quase todos os personagens eram cópias um dos outros, haviam dois ninjas, dois carinhas com estilo de luta equilibrado, e dois bruta montes que inclusive um deles nunca esqueço o nome Santana! Afinal de contas em quantos jogos de luta você já viu um personagem com o nome de Santana?

Way of the Warrior

Comentário do neogamer: Esse é o primeiro jogo produzido pela Naughty Dog, produtora que desenvolveu os primeiros jogos do Crash, Jak and Daxter e atualmente trabalha na série Uncharted. Uma grande evolução, não?

Quando o 3DO foi lançado havia em minha cidade apenas uma locadora que tinha o aparelho, o mesmo era disputado por todos pra apenas uma partidinha de 1 hora! Lembro que ia na locadora as sextas pra alugar minha fitinha de Super Nintendo e aproveitava e ficava horas vendo o pessoal jogando no 3DO, na epoca Fifa 96, Super Street, Samurai Shodown e Way of the Warrior eram os games disponíveis.

É incrível que hoje vendo o vídeo você percebe a tosqueira que era o game, com personagens com character design horrivel, golpes escrotos e movimentação disforme. Mas retrocedemos a meados de 1995! Cara isso era o MUST POWER dos videogames, nem preciso dizer que esperava de 2 a 3 horas na fila pra poder jogar 1 horinha disso ae!

Quando somos jovens somos tão bobinhos né? Hehe.

Shadow War of Sucession
Esse dispensa comentários. Desde sua apresentação que é uma CG de qualidade HORRÍVEL, até a concepção dos personagens totalmente pobre. O som do game, mesmo sendo em qualidade CD, algo que era supra sumo na época, é detestavel. Destaque para os personagens do vídeo da luta ae.

POW POW POW POW POW
NIAH! NIAH! NIAH! NIAH!

Kasumi Ninja
Kasumi Ninja é um dos que concorrem pau à pau na disputa de quem é o pior jogo de luta do Jaguar, finado console lançado pela Atari. Kasumi Ninja dispensa comentários, basta ver os gráficos ridiculos, movimentação horrível, uma trilha sonora que te faz vomitar. Agora o destaque pra esse jogo com certeza está na voz do locutor china!

SHO NO MERCY!
IMPAGAVEL!

Fight Fever
Para vocês terem uma ideia, na época eu dizia aos meus amigos que esse jogo era pirata! A cópia rola solta nesse game, logo ao se colocar a ficha você ouve o mesmo som do Art of Fighting 2 quando se inseria a ficha. Ao jogar o game aí a coisa piorava, existia um clone de John do Art of Fighting, com uma diferença que ele usava uma máscara de Jason! Havia uma cópia de Ryo Sakazaky e todos os personagens tem referencias a personagens clássicos de games da SNK. Até os cenários são plagiados de outros personagens de sucesso da SNK como você pode observar no vídeo.

Alguns anos mais tarde (mentira foi ao fazer esse review! hehe), descobri que esse game na verdade não é pirata, ele foi licenciado pela SNK e produzido por uma empresa coreana chamada Viccom. Que pra explicar tanto plagio assim, disse que resolveu homenagear os personagens famosos dos games de luta da SNK. Ele ganhou uma sequencia pra PC e 3DO que não teve a mesma divulgação que esse primeiro.

Double Dragon V
Quando esse game saiu pra Snes por incrível que pareça eu era louco pra aluga-lo. Nunca consegui encontra-lo nas locadoras aqui da minha cidade e quando achei já era quase fim de vida do Snes. O game é totalmente tosco com personagens que parecem mais terem saído da série das Tartarugas Ninjas do que do enredo que todos conhecem de Double Dragon. Detalhe pros nomes dos personagens como Countdown, Sekka e Blade.

Battle Master
Muitos aqui da velha guarda devem ter feito isso. Antigamente quando você alugava um game na locadora ficava com ele por um periodo de 2 dias, alugando numa terça por exemplo, você o devolvia na quinta. Quando alugávamos na sexta seria correto devolve-lo no domingo, né? Como as locadoras não abriam em dias de domingo, ficávamos com o game mais um dia! Yes!!!

Só que isso era uma tarefa árdua. Você tinha que chegar na locadora até por volta de umas 3 da tarde, após isso já eras, não se encontrava mais nada a não ser aqueles games ruins que ninguém queria. E foi isso que aconteceu comigo nesse dia, me atrasei e quando cheguei na locadora não havia mais nada nas prateleiras. Apenas esses games exclusos que ninguém alugava. Como não queria voltar de mãos vazias pra casa e ter que passar o final de semana jogando Super Mario World, que era o unico jogo que eu tinha, vi lá na prateleira Battle Master. Olhei as imagens da capa e pensei vou alugar isso aqui mesmo!

A jogabilidade do game já trazia elementos consagrados em jogos atuais. Como você repara no vídeo não existe pausas entre os golpes. É possivel disparar um hadouken e cancela-lo logo em seguida com um golpe tipo shoryuken. Os golpes podem ser executados em pleno ar a hora que você BEM ENTENDER. Outra coisa: depois prender o adversário no canto, era facílimo matá-lo com sequências infinitas! Pesquisando um pouco sobre esse game, descobri que na realidade Battle Master é baseado em um anime japonês de mesmo nome. Por isso que mesmo sendo tosquinho como game, ele tem uma variedade bem interessante de personagens.

Street Fighter the Movie

Comentário do neogamer: Vocês podem conferir aqui no blog a matéria com imagens dos bastidores da produção desse jogo.
Esse foi baseado no filme meia boca estrelado por Van Damme, que interpretou Guile. Assim como o filme, não espere nada de grandioso nesse game. A movimentação é travada e a jogabilidade que não lembra em nada a série Street Fighter. Algumas pessoas dizem que Street Fighter 3 não tem nada haver com Street, mas dizem isso porquê nunca jogaram essa quinquilharia aqui. Ele teve versões pra Arcade, Saturn e PS1, o que joguei foi no PS1.

Blood Warrior
Essa coisinha (não consigo dar outro titulo a esse jogo), foi lançado pela Kaneco pros arcades. Veja o video e veja o TOTAL NO SENSE que esse game é. A começar pela concepção dos personagens, tem uma Tartaruga Ninja, um ninja que parece ter saído dos Power Rangers e outra mina com garras que parece a irmã mais nova do Freedy Kruger. O que esperar disso? Nada! O game parece que está rodando em slow, pois a movimentação da tela parece travada. O som é dispensavel, enfim, se puder evite jogar isso um dia na sua vida!

Tattoo Assassins
Eu pensei que já havia jogado merda na minha vida mas Tattoo Assassins se supera! Produzido pela Data East em 1994 (nunca chegou a ser lançado, mas sua rom caiu na internet), veio no mesmo esquemão de Survival Arts e outros. Detalhe pra tela de seleção dos personagens! Confira no vídeo.

Power Athlete
Também conhecido como Power Moves no ocidente, esse foi um dos games que acabei alugando na sexta feira por falta de opção. Apesar de tosquinho Power Athlete trazia elementos inéditos até então pra um jogo de luta convencional (pelo menos pra mim, entendeu?). Existia um sistema de password, no modo pra um jogador, onde você enfrenta os personagens e cria um sistema de evolução parecido com os jogos de RPG.
Outro detalhe é que nesse game o plano de luta é totalmente livre, assemelhando-se muito com Fatal Fury 2. Por incrivel que pareça, esse game tem uma otima trilha sonora!

Pepoles é isso. Esse ae foram os games mais toscos que tiveram horas de jogatina na minha época de pivete. Se alguém conhece outros games toscos que jogava demais e ficou de fora aqui, é só colocar no seu comentário. Contribuam em favor da tosquice!

Não deixem de visitar o Tecle #1, blog que reune conteúdo diverso. Matérias especiais, videogames, diversão e humor. 

Acompanhem o Tecle #1 também pelo Twitter e Facebook.

10 comentários :

  1. tattoo assassins é o jogo + tosco q eu ja vi!! ri pakas hauhuhauahauhauhauaau

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkk !!! otro jogo mto tosco é altered beast- mega drive

    ResponderExcluir
  3. Bom post, só tem perolas aí (se bem que Battle master ainda conseguia ser bem divertido). Já Double Dragon, embroa tenha tido essa versão tosca para SNES, também teve uma versão bem diferente e razoavélmente melhor para Neo Geo e valia umas fichas.

    Aliás, você deveria matar essas pessoas que falam que Street Fighter 3 não tem nada a ver, até por que SF3 3ºstrike deve ser um dos melhores jogos de luta já produzidos, ficando pau-a-pau com SSF2X ou Guily Gear XX Accent Core.

    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  4. SF The Movie, apesar de não ser grande coisa, não tem jogabilidade travada e todos os golpes dos personagens (clássicos) permanecem os mesmos. E de longe é o pior jogo de luta que existe. E só pra constar:

    Nada HAVER = out of context

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia alguns desses mas os outros eu já tinha ouvido falarem mal. Só um detalhe: muita gente pensa que o "The Eye of Typhoon" é sequencia do Fight Fever mas um não tem nada a ver com o outro. É até melhorzinho; deveria ser lançado pro Neo Geo na era de ouro de SF2 mas cancelaram.

    ResponderExcluir
  6. Cara tu esqueceu um jogo horrível que joguei também por falta de opção.É o TEKKEN do snes olha só que tosqueira. http://www.youtube.com/watch?v=2tTgqm9QQlU

    ResponderExcluir
  7. Caraca, esse double dragon tem um cara que é identico o meu pai. O tekken de snes também foi uma das maiores decepções da minha vida junto com sonic 4 e pokemon também de snes.

    ResponderExcluir
  8. mano, q locadora era essa q vc ia? aposto q la tb tinha a fita da mina do o chamado neh? kkkk
    mto bom o post!
    Ri mto com o tattoo assassins!!!

    ResponderExcluir
  9. Mais alguém reparou que os gêmeos Lee vieram de Metro City? Por acaso seria a mesma cidade em que Mike Haggar foi prefeito?

    ResponderExcluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...