sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Fornever: Continuações de Full Throttle


Full Throttle: Payback

Payback seria um Adventure clássico assim como seu antecessor, e era planejado para ser lançado para PC e com um rumor de um port para Playstation 2. Depois de muta enrolação, a LucasArts cancelou o projeto em 2000.

O jogo teria sido uma sequencia oficial e continuaria a história do Full Throttle original. Como Tim Schafer, que dirigiu o primeiro jogo, já havia deixado a empresa na época, Larry Ahern, que também esteve envolvido no desenvolvimento do primeiro, foi nomeado o líder do projeto e Bill Tiller, o diretor de arte.

Nas fases iniciais, o projeto recebeu feedback positivo de outros funcionários da LucasArts mas, devido a desacordos sobre o estilo de jogo entre a equipe de produção e "uma pessoa particularmente influente" na direção da empresa, a produção foi interrompida em novembro de 2000, quando 25% dos cenários e cerca de 40% da arte estavam completos. Ambos Ahern e Tiller deixaram a LucasArts em 2001, após Payback ser cancelado.

Na Retro Gamer # 62, podemos ler mais algumas informações de Larry Ahern sobre Payback:
"O vilão seria um senador com políticas anti-motociclistas, com projetos de substituir as rodovias desgastadas por os novos corredores para hover-cars, que não permitiam motos. O jogo também traria o irmão de Ben, que estaria metido em uma das operações suspeitas do senador. Maureen teria uma participação menor, já que a personagem coadjuvante seria uma repórter que cobre Ben após a sua fama depois do assassinato de Malcolm Corley. Teriamos várias novas gangues de motociclistas também, como os Dragons, que teriam lança-chamas no guidão de suas motos, e os Leeches, uma gangue de Side-cars foguetes, que cruzam as rodovias pulando de veículo em veículo."
Imagens(clique para ampliar)





Full Throttle: Hell on Wheels

Foi anunciada em meados de 2002 pela LucasArts para PC, PlayStation 2 e Xbox. O jogo era para ser um Action-adventure, com mais ênfase na ação e combate que no adventure. Sean Clark foi nomeado o líder do projeto de Hell on Wheels e o desenvolvimento evoluiu bem até o final de 2003, quando foi abruptamente cancelado.

Poucos meses antes disso, na E3 de 2003, uma demo jogável foi mostrada e um teaser trailer foi lançado pela LucasArts. Simon Jeffery (então presidente da LucasArts) disse: "Nós não queremos desapontar os muitos fãs de Full Throttle, e esperamos que todos possam entender como estamos empenhados em oferecer a melhor experiência de jogos e qualidade que nos for possível". Os críticos dizem que por causa dos gráficos pobres em comparação com outros jogos de ação em 3D da época e a falta da participação de Tim Schafer no projeto, como possíveis razões para seu cancelamento. Além disso, Roy Conrad, o dublador original de Ben, morreu em 2002.

Hell on Wheels se passaria em El Nada, uma das novas gangues introduzidas no jogo, os Hound Dogs, estaria por trás de uma conspiração sinistra de assassinato. Juntamente com o Padre Torque e Maureen, Ben teria que contrariar o plano do vilão (anonimo) e proteger "a liberdade da estrada"

Imagens(clique para ampliar)



Um comentário :

  1. fiquei triste quando hell on whells foi cancelado. ft foi o 1° jogo que joguei, e deixou saudades

    ResponderExcluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...