terça-feira, 9 de abril de 2013

Making of - Pong (Parte 2)


Traduzido pelo colaborador Henrique

Allan Alcorn e Ted Dabney enfiaram o seu circuito com o protótipo de seu jogo de ping-pong e um aparelho de TV em um rudimentar armário de madeira com uma caixa de moeda ao lado que Dabney tinha construído. Depois de ser um pouco mais importunado por seus colegas,Nolan Bushnell finalmente foi convencido de que o jogo valia a pena e, agora reunidos, o trio fez um brainstorm para escolher o nome de sua máquina. Eles o batizaram de Pong em honra a suas raízes de ping-pong e colocaram-o em um bar local chamado Tavern Andy Capp.

Bushnell foi instruído por Alcorn para criar instruções que fossem impressas no gabinete para dizer aos jogadores como jogar o jogo. Eles tiveram que ser sintéticos, então Alcorn veio com: "Evite errar a bola para pontuar". Alcorn gosta de brincar dizendo que essa frase, que assumiu uma vida própria na cultura popular, será gravada em sua lápide.

Ao primeiro contato, a resposta do público a Pong não foi surpreendente. Mas quanto mais pessoas começaram a jogar, mais a notícia se espalhou, e logo as pessoas faziam fila fora do Andy Capp às 9h apenas para ter uma rodada no jogo. O dono do bar nunca tinha visto nada parecido - as pessoas corriam para o bar não para comprar álcool, mas para jogar um jogo!

Interior de uma máquina de Pong
Sem querer, o design de Pong caiu como uma luva para a multidão do bar, sendo o primeiro jogo de arcade sem um modo singleplayer. Foi um fenômeno compartilhado, e portanto social, e era simples o suficiente para ser jogado por pessoas jovens ou velhas, bêbados ou sóbrios. Era tão popular, de fato, que logo teve problemas. Primeiro, os potenciômetros utilizados nos botões de controle desgastaram, então Alcorn procurou um de nível militar para suportar o desgaste. Depois de algumas semanas do ensaio de funcionamento, Alcorn recebeu uma ligação no meio da noite com relatos de que sua máquina de Pong não recomeçava um novo jogo. Ele correu para corrigi-lo, e quando abriu a caixa de moedas para permitir o jogo grátis, como uma solução temporária do problema, moedas derramaram para fora da caixa e pelo chão. Na verdade, ela estava tão cheia que o mecanismo estava congestionado.

Com a grande aprovação da primeira máquina, a Atari começou a perceber que tinha um sucesso em suas mãos. O trio construiu 12 unidades de Pong adicionais artesanalmente e colocou 10 delas em operação para trazer algum dinheiro extra. No final de 1972, Bushnell voou para Chicago e apresentando Pong como o game que iria fazer valer o contrato com a Atari. O jogo tinha sido tão bem sucedido que Bushnell relatou apenas um terço de seus lucros com medo de que os executivos da Bally não acreditassem que os números fossem reais. Depois de seu retorno, a empresa demorou para dar uma resposta a Atari. Bushnell e Dabney esperavam ansioso: as moedas se mantiveram acumulando em suas máquinas de Pong, e eles sabiam que o jogo poderia ser um sucesso estrondoso. A Bally não conseguia enxergar o seu potencial. Infelizmente para a Atari, Pong foi desenvolvido com o dinheiro da Bally (24 mil Dólares) e a empresa era tecnicamente dona do jogo. A Atari não poderia vendê-lo para outra pessoa, e não poderia produzi-lo legalmente, a menos que a Bally formalmente rejeitasse o projeto.

"Nolan, Al e eu estávamos sentados lá tentando descobrir o que fazer, não obtendo qualquer resposta da Bally", diz Dabney. "E eu disse: 'Nós temos que decidir: ou partimos para fabricação própria, ou vamos para casa. E eu não quero ir para casa. "

De acordo com Dabney, Bushnell e Alcorn eram relutantes em investir em uma produção própria, mas não tinham escolha. Dabney traçou um plano para sair do negócio firmado com a Bally. Ele cuidadosamente escreveu uma carta pedindo que o projeto de Pong fosse rejeitado e liberado do contrato. Enquanto esperava por uma resposta, Dabney elaborou planos para o gabinete da máquina e encomendou 50 de um fabricante local. Alcorn projetou uma placa de circuito impressa e fez provisões para sua fabricação, e também adquiriu os componentes.

Naquela época, a Atari tinha uma renda significativa de seus jogos de arcade - mais de US $ 4.000 por semana a partir das 10 máquinas de Pong. Mas a empresa não tinha o suficiente para cobrir todos os custos de fabricação. Então, Dabney pegou suas economias pessoais e comprou 50 aparelhos de TV Hitachi para a primeira rodada de máquinas de Pong. Não muito tempo após a compra, a Atari teve a resposta de Chicago. A Bally concordou em liberar Pong do contrato, e a Atari estava livre para comercializar o jogo por si própria, uma notícia ao mesmo tempo emocionante e assustadora para a empresa.

Continua.

Texto original: Edge

Um comentário :

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...