sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

OldReview - Série Contra


Escrito pelo colaborador Grimreaper

Todo mundo pelo menos uma vez na vida jogou Contra. Muitos de nós, o conheceram nos 8 bits, com um Phantom ou Supercharger ou qualquer um dos clones genéricos dos 8 bits. O jogo originalmente foi desenvolvido para arcades, em 1987.



Imagine Stallone (Lance) de Xuarza (Bill) juntos, enfrentando um exército de soldados e maquinas numa floresta e depois no final um embate contra aliens do ALIENS? Esse samba do crioulo doido é o nosso CONTRA, velho e conhecido de guerra. A Konami juntou 3 filmes de ação/terror e fez um jogo bem divertido e difícil. Quem não estava acostumado com os controles, e ainda por cima não era muito bom de jogo, não passava da terceira fase, nas primeiras jogadas. É um daqueles jogos matreiros, que exigem atenção e são decoreba, mas é muito fácil fazer uma besteira e acabar morrendo, pois. Jogar em 02, quase impossível, exige que os 02 decorem o jogo e não se atrapalhem como deixar o outro para trás nas fases em que você precisa subir verticalmente, roubar as armas ou travar tela. É um jogo que pode acabar com uma amizade fácil fácil. Além do que, quando seu amigo morre, poder roubar uma vida sua. O jogo era base plataforma, mas variava em algumas fases com a visão em terceira pessoa.


Em 1988, A Konami lançou o SUPER CONTRA para arcades, com melhores gráficos e algumas pequenas mudanças, como as armas que não era mais representadas por letras, e sim pelo design. Lance e Bill voltam para mais ação e mais aliens, e o jogo ficou be mais difícil.


A versão no NES teve melhorias gráficas tb,além da musica mais épica, remixada. Um clássico. As fases alternativas, em terceira pessoa, foram substituídas pela visão de cima em Super Contra. Uma curiosidade: quando vc pegava a arma F, ao segurar o botão e soltar depois de um tempo, tiro saía mais forte.


O jogo teve uma versão para GAMEBOY, em 1991 chamada de OPERATION C.


Contra também teve versões para MSX e vários outros computadores pessoais, mas o foco do tópico é para consoles clássicos mesmo.

ERA 16 BITs

Em 1992 era tempo de um novo CONTRA, e a plataforma escolhida foi o SNES. Debutou no Japão como CONTRA SPIRITS, nos EUA como CONTRA 3: THE ALIENS WARS e na Europa e Austrália com um nome bizarro chamado SUPER PROBOTECTOR. A versão JAP e US eram idênticas, apenas a versão JAP já contava com o final terminando no normal, enquanto a versão US só no HARD. A versão européia, mudava dos dois personagens principais, personalizados por robôs.

Contra 3 / Contra Spirits


Super Probotector


Nos Contras do SNES as fases 2D eram excelentes, porém, as vistas de cima deixava muito a desejar. Foi para mostrar as capacidades do MODE 7, mas eu particularmente não gostei, achei perda de tempo, e parecem até fases bônus.

O jogo teve uma versão para o GAMEBOY ADVANCE, CONTRA ADVANCED - ALIEN WARS EX com relativas mudanças no jogo, baseada na versão no SNES / FAMICOM.


Em 1992, o NES ainda suspirava e ganhou um Spin-off, chamado de CONTRA FORCE.


Demorou mas em 1994, foi lançado CONTRA: HARD CORPS para o 16 bits da SEGA. Como o CONTRA FORCE, ele foi um mais um dos SPIN-OFFs da série, abordando uma nova estória, novos personagens com opção de seleção entre 4 diferente com armamento único e com a possibilidade de vários finais diferentes de acordo com os rumos tomados durante o jogo. A versão japonesa é mais fácil, permite que você leve 2 tiros antes de perder a vida, enquanto na US, um tiro só é necessário.



A DECADẼNCIA...PSX / SATURN

Uma época NEGRA para a série, de 1996 a 1998. Com o advento do 3D, a série se perdeu e a KONAMI terceirizou a produção do jogo para uma tal de APPALOOSA (raça de cavalo) que nos presentou com duas bombas: Contra: Legacy of War e C - The Contra Adventure. Dois jogos bizarros que não pareciam em nada com a série clássica, sinceramente, não sei o que se passava na cabeça desse pessoal. Quase enterrar a franquia pelo frenesi " 3D " quadradasso do PSX e SATURN, em uma série clássica 2D. Antes não tivessem feito.

Contra Legacy of War - 1996


C - Contra Adventure - 1998


Foram anos negros para muitas franquias clássicas, o 3D não fez bem para muitas séries...

A VOLTA

Com o PS2, houve uma melhoria na série. Com o lançamento de CONTRA-SHATTERED SOLDIER em 2002 a série voltou aos trilhos, e o "feeling" da jogabilidade clássica voltou. Um bom jogo, não tão bom quanto as versões 16 bits, porém, melhores que a da década de 90.


Outro bom jogo da série também veio pelo PS2, chamado de NEOCONTRA, que conta inclusive com um dos personagens clássicos, o BILL RAZIER, sem ser um 2D modelado em 3d, mas sim com visão isométrica em todas as fases.


Para a parte clássica é isso, saíram novas versões como CONTRA 4 e REBIRTH...mas essas não entram aqui!

4 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Excelente post!

    Eu tinha o Hard Corps, só que minhas vidas e continues acabava sempre no boss da 3ª fase, então fui procurar informação na época se o jogo tinha a famosa trapaça da konami de 30 vidas que nem o Contra 3, ai me disseram que a versão japonesa dava mais "vantagem" pro jogador terminar, citado aí na matéria. Andei sebos em locadoras até achar a versão japonesa e finalizar!

    ResponderExcluir
  3. Bons tempos com o Contra. 1999 com o Contra 3 do SNES, 2002 com o Contra 3 do Game Boy, 2005 com o Contra C do PSX e 2011 com os 2 Contras do PS2.

    ResponderExcluir
  4. Só um adendo, esse contra de GBA é uma mistura de Super Contra de snes e do Contra Hardcorps de Mega, todas as fases novas / inimigos / segredos / todos foram retirados diretos do contra de Mega, crtl c + v mesmo XD

    ResponderExcluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...