quinta-feira, 14 de abril de 2011

WTF!? - Super Noah's Ark 3D

Devido aos acontecimentos ocorridos nos últimos dias, um assunto em voga nos blogs de games é a violência da mídia e como ela afeta os jogadores, então como neste blog sempre tento fugir dos assuntos óbvios, vou falar de um jogo totalmente oposto à tudo isso.

Super Noah's Ark 3D é basicamente um FPS feito na engine de Wolfenstein 3D, baseado na história biblica da Arca de Noé. Ele foi lançado para Snes e DOS pela produtora de jogos cristã Wisdom Tree em 1994, e é o ÚNICO jogo lançado comercialmente para Snes sem a licença da Nintendo.

Para contornar o chip de bloqueio do Super Nintendo, a Wisdom Tree concebeu um sistema através do qual o jogador tinha de inserir um cartucho original de Snes em um slot encima do cartucho de Super Noah's Ark 3D, em uma conexão parecida com a de Sonic & Knuckles com Sonic 3 ou de um Game Genie.

O jogo em si é um simples mod de Wolfenstein 3D, com gráficos e sons alterados. O layout das fases, as armas e comportamento dos inimigos na versão SNES, são idênticos aos de Wolfenstein 3D, mas com gráficos alterados para refletir um tema não-violento.
O que é pior? Levar um coice de um bode ou um tiro de um nazista
Em vez de matar soldados nazistas em um castelo, o jogador assume o papel de Noé, vagando pela arca, jogando frutas e grãos em animais fujões que tentam atacá-lo, a fim de acalmá-los.

Existe uma lenda urbana de que a id Software, irritada com a censura imposta pela Nintendo of America na versão de SNES de Wolfenstein 3D, deu o código fonte do jogo para a Wisdom Tree como parte de uma espécie de "vingança", para que eles fizessem um clone não-oficial de seu jogo. Super Noah's Ark 3D não foi  um sucesso comercial, sofrendo com a falta de marketing oficial da Nintendo, comum a outros títulos da Wisdom Tree. Na época, ele era comumente encontrado em livrarias cristãs.


Fonte: Wikipedia (inglês)

2 comentários:

  1. Eu sempre evito discutir a questão de violência nos games, e se eles são para se divertir ou entreter. Bem, os games hoje em dia são muito mais que jogos, são expressões artísticas assim como os filmes e nada mais justo do que uma faixa etária. Existe jogos para todos os públicos e a censura é o ato mais covarde que conheço, ninguém tem o direito de vetar os direitos de uma pessoa só porque o game é violento, isso não existe e não coincide com a liberdade de expressão. Enfim, existe um episódio de Angry Video Game Nerd que fala só de jogos bíblicos e no episódio tem esse game, foi um dos episódios que mais ri, pois os jogos são muito toscos, inclusive esse.

    ResponderExcluir
  2. Ned Flanders approves hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha

    ResponderExcluir

Deixe aqui um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...